Fandom

Avatar Wiki

A Caverna dos Dois Amantes

304 pages em
Este wiki
Adicione uma página
Comentários0 Compartilhar

Enquanto estão indo a Omashu, Aang e o grupo encontram um grupo de nômades viajando despreocupados, que os leva através de um túnel enorme conhecida como "A Caverna dos Dois Amantes". Zuko e Iroh estão abrigados por moradores do Reino da Terra, após Iroh acidentalmente bebe um chá feito de uma planta venenosa. Song, uma jovem do Reino da Terra, mostra a Zuko a sua cicatriz, que ganhou dos Dobradores de Fogo, a Aang e Katara ficam mais próximos à medida que descobrem as origens da caverna.

SumárioEditar

Aang e Katara treinam a dobra do polvo dentro de um rio, que consiste em formar 8 tentáculos de água em volta de si. Logo em seguida, o grupo de Aang ouve uma música se aproximando. Eram nômades que viajavam pelo mundo. Eles tiveram uma breve conversa. Iroh e Zuko procuravam algo que pudessem comer, em alguma floresta ali perto. Iroh apreciava uma flor que, segundo ele, podia fazer um chá delicioso ou podia ser venenosa por ser parecida com outra flor.

Os nômades contavam histórias que aprenderam durante suas viagens para Aang e os outros, prometendo levá-los para ver uma minhoca gigante. Mas Sokka interrompe dizendo que deviam ir para Omashu o mais rápido possível. Um dos nômades fala sobre uma passagem que os levaria à Omashu. Mas o grupo discorda, dizendo que é preferível ir voando em cima do Appa. Seguindo essa decisão, Aang e os outros sofrem um ataque da Nação do Fogo. Com esse acontecimento, eles voltam e decidem ir pela caverna dita pelo nômade.

Iroh não resistiu e fez um chá com a flor que achou. Mas não era o que ele pensava. Iroh começou a ter irritações no corpo. Zuko volta para junto de seu tio, sem ter conseguido comida para eles e, ao ver seu tio correndo perigo de morte devido à flor, devide procurar ajuda no Reino da Terra. A caminho da caverna, um dos nômades alerta que dentro dela há um labirinto e, para sair de lá, é preciso acreditar no amor. Pensando melhor antes de entrar na caverna, o grupo avista fumaça se aproximando. Era a Nação do Fogo. Com isso, entraram na caverna para que não fossem pegos. A Nação do Fogo prendeu o grupo de Aang dentro da caverna.

Iroh e Zuko encontram uma lugar em que, com a ajuda de uma garota, Iroh foi medicado para que pudesse melhorar de suas irritações. Aang e os outros andaram por vários caminhos, mas nenhum deles era o certo. Iroh e seu sobrinho foram jantar na casa da garota que o ajudou, conversando um pouco sobre a guerra. O grupo de Aang foi atacado por um animal. Appa se assustou e derrubou algumas pedras na caverna, que separou ele, Aang e Katara dos outros. Aang encontra a tumba onde provavelmente estariam enterrados os dois amantes da da caverna, segundo a lenda do nômade. Nessas tumbas, havia a história deles. Dessa história surgiu o significado de "Omashu".

Para que conseguissem sair da caverna. O grupo de Sokka decide tocar uma música de amor. Katara sugere que o Aang a beijasse, mas a idéia foi desfeita por Aang, que não conseguiu se controlar, "ofendendo" a Katara. Iroh e Zuko se despedem da garota e de sua mãe. Quase ficando sem luz na caverna, Aang e Katara se aproximam para dar um beijo. As luzes se apagam e alguns segundos depois, várias pedra brilham no teto da caverna, indicando a saída. O grupo de Sokka é cercado por dois Texugos-Toupeiras que, instantes depois, os levaram para fora da caverna. Os dois grupos se uniram novamente. Os nômades decidiram seguir outro caminho. Aang, Sokka, Katara, Appa e Momo chegam a Omashu e descobrem que ela foi tomada pela Nação do Fogo.

Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.

Mais da comunidade Wikia

Wiki aleatória