FANDOM


Dobrador da Terra

 Emblema do Reino da Terra.png Ícone do Imperio da Terra.png


Kuvira é uma mestre da dobra de terra e metal que serviu como líder política e militar do Reino da Terra e do Império da Terra entre 171 e 174 DG. Antes de sua ascensão ao poder, ela era um membro proeminente do Clã do Metal, servindo tanto como o capitã da Guarda de Zaofu e como parte do grupo de dança de Suyin Beifong. Após a eclosão da anarquia no Reino da Terra, Kuvira deixou o Clã de Metal e ganhou a confiança dos líderes mundiais, estabilizando Ba Sing Se e foi apontada como o líder interina do Reino da Terra. Posteriormente, ela se propôs a reunir o resto do reino com seu exército, que lhe rendeu o título de "Grande Unificadora". Em sua busca pela a união e a ordem, Kuvira oferecia proteção para os estados do reino contra ataques de bandidos e em troca exigia a lealdade a ela. Durante a coroação do príncipe Wu como novo Rei da Terra, Kuvira denunciou a negligência do Rei da Terra e dissolveu o Reino da Terra e o transformou em Imperio da Terra, tendo a si mesma como líder. Seu reinado chegou ao fim depois que ela foi derrotada pelo avatar Korra e presa na Cidade República.

Personalidade Editar

Traumatizada por ser abandonada por seus próprios pais quando criança, Kuvira é impulsionada por um feroz desejo de proteger e guiar os cidadãos do Reino da Terra e persistente em alcançar a unidade nacional através do uso da força militar. Sua vontade de inaugurar uma era de solidariedade e bem-estar coletivo foi ainda alimentada pela ideologia progressista de Suyin Beifong, à qual ela foi exposta desde a infância.

Durante seu tempo em Zaofu, Kuvira era geralmente uma pessoa de inquietação com uma disposição morna, leal e obediente à autoridade, seguindo ordens de seus antigos superiores sem nenhum protesto. No entanto, durante sua campanha para restaurar a ordem, seu comportamento mudou para um de auto-justiça e ela demonstra uma capacidade de ser agressiva para aqueles que desafiam ou criticam seus motivos, tendo ameaçado deixar um grupo de bandidos para morrer em um trilho de trem caso recusassem a oferecer-lhe o serviço, além de terem ameaçado a vida de Varrick quando ele se recusou a continuar seus experimentos espirituais. Além disso, ela não hesitou em deixar a capital de Yi sem prestar ajuda aos seus cidadãos empobrecidos quando foi desrespeitada pelo governador do estado, a quem ela censurou por não ter colocado as necessidades de seus cidadãos antes do seu próprio orgulho. Kuvira é persuasiva e capaz de convencer os líderes estaduais a comprometerem-se com ela, mas também é proficiente no uso da intimidação se os indivíduos se recusarem a cumprir seus pedidos.

Em última análise, Kuvira chegou a acreditar que dar o controle do Reino da Terra a alguém baseado na linhagem era arcaico, acreditando que ela era mais adequada para governar a nação. Sua implacabilidade em reunir o Reino da Terra tornou-se um objetivo que justifica todos os meios que ela julga necessários para alcançá-lo, o que inclui forçar os cidadãos ao trabalho escravo, removendo dissidentes e pessoas que não são descendentes do Reino da Terra em campos de reeducação e experimentando armas de fogo e de destruição em massa. Sua confiança em seu próprio direito e habilidade esticou ao ponto onde desafiou Korra a um duelo a fim impedir uma batalha e possivelmente arriscar as vidas de seus soldados, indicando sua bravura pessoal e uma certa lealdade para seu exército. Embora normalmente possuísse uma serenidade serena e séria, mostrou-se de mau humor e tornou-se agitada e hostil quando provocada ou ameaçada, como quando foi duramente criticada pelo governador de Yi, ou quando o Colosso estava sendo atacado.

Apesar de tudo isso, Kuvira também mostrou um lado mais suave de sua personalidade durante seu tempo privado, permitindo Opal reconciliar com sua família e gentilmente aliviar os medos de Bolin quanto às suas intenções. Ela é acolhedora para seus aliados e fãs. Ela também mostrou a capacidade de perdoar aqueles que são leais a ela. No entanto, Kuvira está disposta a sacrificar alguém para alcançar seus objetivos, como demonstrado quando ela decidiu explodir a fábrica onde seu noivo foi mantido para ter uma chance de tirar Avatar Korra de seu caminho.

Habilidades Editar

Dobra de Terra Editar

Kuvira é um mestre da dobra de terra, capaz de manipular grandes quantidades de terra e rochas para atender às suas necessidades. Sua proeza é reconhecida por dominadores qualificados, como Suyin, e outras pessoas que a viram em ação antes, como Opal.

Dobra de Metal Editar

Kuvira mostra domínio no uso de dobra de metal, capaz de atravessar vários terrenos e escalando grandes montanhas com relativa facilidade usando cabos de metal. Ela também demonstra uma força física considerável, tendo sido capaz de agarrar Tonraq com um cabo e suportar seu peso. Juntamente com incrível precisão e agilidade, Kuvira pode subjugar várias dúzias de oponentes simultaneamente cobrindo os olhos e amarrando os membros com tiras de metal, permitindo que ela jogue adversários com pouca dificuldade. Ela também pode facilmente criar uma variedade de armas de um pouco de metal, como facas, uma lâmina e chicotes. Kuvira demonstrou a capacidade de sentir quando outros estão realizando dominação de metal em sua volta..

Outras habilidades Editar

Kuvira é uma líder inteligente e natural, como é evidente por seu serviço como capitão da guarda em Zaofu e ainda por suas realizações como o "Grande Unificadora". Ela também é mostrada como uma oradora pública carismática e eficaz, causando grande respeito em seus seguidores. Ela é capaz de se envolver em negociações persuasivas, mas também pode empregar a intimidação, a fim de convencer os líderes do Estado em prometer sua fidelidade a ela e sua causa. Usando essas habilidades, Kuvira conseguiu trazer todos os estados do Reino Terra em seu controle, ganhando-lhe uma reputação feroz no Reino Terra.

Como ex-membro do grupo de dança de Suyin, ela é capaz de manter o equilíbrio e a postura ao balançar um cabo de metal. Kuvira também é ágil, uma habilidade que lhe permite evadir ataques em batalha sem nenhum movimento desperdiçado. Além disso, este fundo acrobático permite que ela utilize um estilo de luta dinâmico envolvendo rápidas mudanças entre ofensa e defesa.

Ideologia políticaEditar

Kuvira tem como meta unificar o Reino da Terra através da ordem. Por isso, assim como os outros vilões que Korra enfrentou, cada um tinha sua ideologia política, o objetivo de Kuvira estaria ligado ao fascismo.

Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.

Também no FANDOM

Wiki aleatória