Fandom

Avatar Wiki

O Espírito Azul

319 páginas
nesta wiki
Adicione uma página
Comentário1 Compartilhar

Sokka e Katara ficam doentes, Aang procura uma herbalista para encontrar a cura. Após encontrá-la, Aang é capturado e preso por Zhao. Um guerreiro com uma máscara azul o resgata e eles escapam juntos. Aang descobre que o guerreiro não é outro senão Zuko, e se pergunta se os dois podem ser amigos. Zuko ataca, mas Aang escapa e cura seus amigos.

SumárioEditar

O episódio começa com o que parece ser um falcão se aproximando de uma fortaleza da Nação do Fogo. Arqueiros estão praticando suas habilidades avançadas. Camandante Zhao e Coronel Shinu observam o treinamento. Shinu não deixa Zhao usar os arqueiros Yu Yan para capturar o avatar, chamando o objetivo de Zhao uma conquista pessoal, não a guerra. No entanto, nesse momento o falcão entrega as boas novas do Senhor do Fogo: Zhao foi promovido a Almirante. Assim que lê isso, Zhao pede novamente para usar os arqueiros Yu Yan para capturar o avatar, e o Coronel Shinu concorda. A cena seguinte mostra o telhado acima de Zhao e Shinu, onde uma figura de roupas escuras e máscara azul os observa. O episódio então corta para as ruínas de uma região montanhosa (provavelmente o Reino da Terra) onde Katara está cuidando de um delirante e adoentado Sokka. De acordo com ela, essa doença foi resultado da exposição do Sokka à tempestade do episódio anterior. Aang aparece com um mapa que leva a um instituto herbalista numa montanha próxima. Katara diz que Sokka não está em condições de ir até lá, e que no momento só precisa de descanso, mas ao dizer isso, ela própria começa a tossir. Apesar de Katara dizer que está bem, Aang percebe que logo ela tambpem estará doente, e decide viajar sozinho até o instituto herbalista. No entanto, ainda está trovoando, e Aang vai à pé, ao invés de usar o planador, e começa a correr muito rápido com a ajuda da dobra de ar. Enquanto isso, o tenente Jee está fazendo planos com Zuko para continuar a busca pelo avatar. De repente, um navio enorme da Nação do Fogo passa por eles, fazendo Zuko imaginar para que ele veio. Não é para um jogo de Pai Sho, como especulou Tio Iroh, e sim para informar Zuko de que toda a informação que possa levar ao avatar deve ser reportada ao Almirante Zhao. Zuko diz que não tem informações para apresentar, e os manda embora. Zuko e sua equipe é então informada de que Zhao proibiu a entrada e saída do lugar. Novamente, os representantes de Zhao são mandados embora. Iroh, parecendo indiferente, diz que ganhou o jogo e encoraja seus oponentes a jogarem de novo contra ele.] Sentinelas da Nação do Fogo estão lendo um cartaz de “procurado” do avatar. Um soldado duvida da veracidade do cartaz, dizendo que é só propaganda do Senhor do Fogo, mas nesse instante, Aang passa correndo por eles, e os soldados emitem um sinal para espalhar as notícias de que o avatar foi visto. Katara pede para Momo ir buscar água, mas Momo só ouve sons que não fazem o menor sentido para ele. Mesmo assim Momo sai com um cantil. Aang finalmente chega ao instituto herbalista e tenta resolver seu problema, mas a herbalista que está lá está distraída contando histórias enquanto reúne ingredientes. Aang tenta ser paciente, mas é difícil para ele. Nesse momento Iroh pergunta se está tudo bem com Zuko, já que ele não dá nenhuma ordem à tripulação fazia mais de uma hora. Zuko declara que que não se importa com o que a tripulação faça. Iroh tenta animá-lo, dizendo que ainda podem capturar o avatar antes de Zhao, mas Zuko questiona como, se Zhao tem muito mais recursos. Zuko se desespera com a idéia de que ele deve encarar a perda de sua honra e seu trono. Quando a herbalista finalmente encontra o último ingrediente do remédio e o mistura numa tigela com os outros, Aang agarra a tigela e diz obrigado, mas a herbalista o impede, pegando a tigela de volta, e perguntando o que ele pensa que está fazendo. Aang diz que ele está pegando o remédio, mas a herbalista explica que aquela mistura não é o remédio, é só a comida do gato dela. Ela então explica que tudo que os amigos de Aang precisam é chupar alguns sapos silvestres congelados do pântano. A pele deles tem propriedades medicinais, mas apenas quando os sapos estão congelados. Quando Aang vai para o pântano, duas flechas prendem seus sapatos ao chão. Ele então desvia várias outras flechas com sua dobra de ar e se liberta. Os arqueitos Yu Yan começam a perseguir Aang, que consegue fugir até o pântano, mas se distrai tentando pegar os sapos congelados e é finalmente capturado pelos arqueiros. Capturado, o avatar é trazido de volta à fortaleza da Nação do Fogo mostrada no início do episódio, e seus braços e pernas são amarrados a dois postes. Zhao aparece e debocha de Aang dizendo que ele é o último dobrador de ar, mas não será morto como o resto de seu povo, pois não é do interessa da Nação do Fogo sair procurando pelo próximo avatar reencarnado. Num momento raro, Aang, com raiva, usa sua dobra de ar de uma maneira ofensiva, atirando Zhao contra a parede. Então Zhao tenta desmoralizar Aang dizendo que não há saída para ele, e que ninguém vai resgatá-lo. Momo volta para os doentes Sokka e Katara. Mas não com o cantil d’água cheio, e sim com um rato morto. Katara diz que não queria isso. Momo sai novamente. Katara fica preocupada, imaginando por que Aang está demorando tanto. Do lado de fora da fortaleza onde Aang está sendo mantido, a figura mascarada do começo do episódio espera. Ele se esguia para dentro da fortaleza, se escondendo no meio dos suprimentos. Zhao informa suas tropas de que ele capturou o último obstáculo da Nação do Fogo – o avatar. Ele prevê que Ba Sing Se, a capital do Reino da Terra, cairá ainda no mesmo ano, graças ao poder do Cometa Sozin. Enquanto isso, os sapos congelados que Aang pegara começam a fugir. A figura mascarada chega até Aang e se livra dos guardas, libertando Aang, surpreso. Enquanto tenta recuperar os sapos fugitivos, Aang é empurrado para longe pelo mascarado, que não diz uma palavra. De volta a Katara e Sokka, Momo trouxe muitas coisas, de leques a jóias, e ate uma tiara, que está na cabeça da Katara, mas nenhuma água. Katara implora pelo retorno de Aang, enquanto Sokka, delirando, chama-a de Sua Alteza. O estranho mascarado e Aang escapam da fortaleza por um sistema de esgotos. Zhao descobre que Aang conseguiu fugir e soa um alarme. O mascarado tenta subir com Aang por cima de um muro, mas sua corda é cortada por um guarda. Aang usa sua dobra de ar para não se machucar com a queda. O mascarado aponta para os portões e eles correm até lá, mas Zhao ordena que os portões sejam fechados. Aang usa sua dobra de ar para livrar o caminho de diversos guardas bloqueando a saída, mas o mascarado não corre tão rápido quando Aang e acaba tendo que lutar com os guardas que o alcançaram. Aang pára para ver o que está acontecendo e quase é pego por uma lança, mas Aap o joga longe, quebra a ponta da lança e o resto dela e dobra de ar para limpar a área dos guardas que estão atacando o mascarado, lançando-o atrás do primeiro muro da fortaleza. Aang gira a lança sem ponta como se fosse um helicóptero, levando o mascarado de muro a muro da fortaleza, enquanto o estranho ataca com suas espadas. Mais guardas se aproximam para atacar o segundo muro. Um deles tira de Aang seu bastão improvisado. O mascarado atira um guarda de cima do muro e Aang “sopra” o resto para longe. Ele então sobe as escadas e chama o mascarado para subir em suas costas. Eles então usam as escadas para chegar até a terceira e última muralha da fortaleza. No entanto, um soldado da Nação do Fogo consegue botar fogo na última escada, forçando os dois a pularem para alcançar a última muralha, mas acabam caindo no chão, na frente do portão principal. Enquanto dobradores de fogo se aproximam para atacar a dupla, Aang faz com que o mascarado fique atrás dele e bloqueia um ataque com a dobra de ar. Zhao manda seus homens pararem, pois o avatar precisa ser capturado vivo. De repente o mascarado põe suas duas espadas pressionadas contra o pescoço de Aang, usando-o como escudo humano. Zhao ordena a abertura do portão e os soldados não têm escolha a não ser deixar os dois fugirem. O mascarado vai andando de costas, ainda com as espadas ao redor do pescoço de Aang. Um arqueiro Yu Yan acerta o mascarado com uma única flecha, fazendo-o cair no chão, desacordado. Ao cair, o mascarado revela parte de seu rosto, enquanto uma nuvem de poeira bloqueia a visão dos arqueiros. Aang então retira a máscara para revelar – ZUKO! Aang fica chocado e com medo, então começa a correr, mas pára e resgata Zuko. Quando a nuvem de poeira assenta, os guardas se aproximam e vêem que não há mais ninguém lá, o que enfurece Zhao. Zuko volta a si e Aang o conta uma história sobre um amigo que teve 100 anos atrás, chamado Kuzon, da Nação do Fogo, e pergunta se Zuko o tivesse conhecido naquela época, eles seriam amigos. Zuko responde atacando Aang com uma labareda, que Aang desvia facilmente vai embora, pulando de árvore em árvore. Aang volta para o pântano para coletar novamente os sapos congelados enquanto Zuko volta para seu navio. Tio Iroh pergunta para Zuko onde ele esteve, e Zuko apenas diz que está indo dormir. Aang volta para seus amigos e põe os sapos em suas bocas, e depois deita-se na cauda de Appa para dormir. Sokka pergunta para Aang se ele fez algum amigo, e Aang responde que acha que não, virando-se para o outro lado. No mesmo momento Zuko olha para uma bandeira da Nação do Fogo e também vira-se para o outro lado. Sokka e Katara começam a se sentir melhor, mas ficam chocados ao perceberem que estão com sapos na boca, e rapidamente os cospem fora.

Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.

Também no Fandom

Wiki aleatória