Wikia

Avatar Wiki

O Pergaminho de Dobra D'água

Discussão0
308 pages em
Este wiki
"O Pergaminho de Dobra D'água"
The Waterbending Scroll
Informação
Livro

Água

Episódio

9

Data de Estreia

29 de Abril de 2005

Guia de Episódio
← Anterior

"Solstício de Inverno Parte 2 - O Avatar Roku"

Proximo →

"Jato"

Image gallery (0)

Katara começa a ensinar Aang a dobra d'água, e encontra um pergaminho de dobra d'água na loja dos piratas. Após Katara roubar o pergaminho,  os piratas começam a perseguir o grupo, embora que eles consigam escapar. Enquanto isso, Zuko entra na loja dos piratas. Ele faz um acordo com os piratas dizendo que se os piratas conseguirem achar o Aang, Zuko dará o pergaminho para os piratas. Zuko captura Katara e os piratas capturaram Aang e Sokka. Uma briga estoura entre a tripulação do Zuko e os piratas. Durante o tumulto, o trio consegue fugir com o pergaminho.

SumárioEditar

Esse episodio abre com Aang andando de um lado para o outro em Appa. Sokka diz para ele se acalmar porque com uma parada brusca ele sai voando. Sokka pergunta a Aang; “O que o esta preocupando, afinal?” Aang responde o que Avatar Roku disse, e começa a demonstrar preocupação em relação a aprender a dominar todos os elementos em tempo. Katara se oferece para ensina-lo a dobra de água, mas nota que eles não tem uma fonte de água para aquilo no momento. Sokka diz que talvez ele consigam achar um “Poça onde eles possam esparramar um pouco” Corta para uma cachoeira com um grande lago abaixo.

Depois de uma discussão rápida eles concordam que Sokka vai lavar Appa enquanto Katara e Aang treinam dobra de água.. Corta para o barco do Zuko onde ele esta treinando na proa. De repente, o barco dele muda de curso. Irritado, ele exige saber por que o curso foi mudado. Iroh diz a Zuko que ele (Iroh) perdeu uma peça vital de seu jogo, a sua peça de lótus, para o seu jogo de Pai Sho. Ele diz que deve haver uma igual em algum mercado próximo. Zuko, literalmente, cospe fogo. Antes de desaparecer em meio a fumaça, Iroh diz ironicamente como é bom ter um sobrinho tão compreensivo. Katara demonstra seus vários movimentos de dobra, e Aang faz todos perfeitamente (e até melhor que ela, de primeira. Isso irrita Katara e a deixa com ciúmes, devido ao tempo que levou para que ela apreendesse esses movimentos. Ela demonstra um movimento que nem ela consegue fazer direito, mas Aang tem uma habilidade natural para isso. Ele pergunta o que mais Katara sabe. Ela espreme os olhos um pouco e diz que eles já praticaram bastante para o dia. Eles conseguiram “praticar os suplementos deles rio abaixo” eles precisaram achar um lugar para repor os suplementos. Corta para a Gaang em um mercado. Enquanto Katara e Sokka se sentiam estranhos em meio a agitação, Aang parece muito feliz e gasta uma peça de cobre em um apito de bizão que parece na funcionar. Katara diz a Aang q é melhor ela guardar o dinheiro daquele momento em diante. Com as duas peças de Cobre sobreviventes, eles continuam a olhar o local. Um homem vem até eles e faz propaganda de suas mercadorias; “exóticas e curiosas”. Quando Aang pergunta o que é curioso, o homem diz que não tem “certeza absoluta,mas que eles tem.”

Intrigados, Aang, Katara e Sokka sobem a bordo do barco. Depois de verem varias coisas Katara nota um pergaminho de dobra de água com técnicas avançadas. Quando Aang pergunta ao Capitão, onde eles conseguiram o pergaminho, o homem diz que “O consegui no norte por um preço bem razoável; De graça..” Sokka diz que os homens do barco dão piratas e o vendedor diz que eles preferem o termo; “Negociantes de alto risco” Katara pergunta quanto custa o pergaminho e o capitão diz que já tem um comprador disposto a pagar 200 peças de ouro. Aang tenta barganhar com o homem, oferecendo a incrível quantia de UMA PEÇA DE BRONZE... O capitão ri e diz que não, Aang DOBRA sua oferta, o capitão começa a ficar irritado e e Katara pergunta se eles não podem sair do barco, o que eles fazem rapidamente.

Antes que eles possam ir a qualquer parte os piratas começam a persegui-los bradando espadas e outras armas. Eles obviamente correm com os piratas em seu encalço. Depois de uma cena de perseguição com a aparição do Cabbage Man (homem dos repolhos) eles usam o planador de Aang para fugir. Quando eles pousam Katara conta que roubou o pergaminho, Sokka se irrita e diz que ela pos a vida deles em perigo por causa de umas dobras. Ela diz que os movimentos podem ajudar Aang. Sokka sai murmurando “Que seja”. Aang diz a Katara que agora que eles tem o pergaminho eles podem aprender as dobras. Enquanto isso no mesmo mercado Iroh diz a Zuko que não consegue encontrar uma peça de Lótus e nenhuma parte, Zuko se irrita e diz que “É bom saber que a viajem foi uma perda tempo para TODOS!”.

Iroh diz que não é assim e três soldados sobrem a bordo do Navio carregando montes de coisas, mas Zuko não esta impressionado. Eles vão até o barco pirata e Zuko escuta um dos piratas falando com o capitão sobre a menina da Tribo da Água e o Monge careca com o qual ela estava. Zuko pergunta sobre o monge. Katara diz a Aang que ela quer tentar um movimentos (chicote de água) e depois o pergaminho é todo dele. Ela tenta e atinge a própria testa. Sokka ri e diz a ela que ela mereceu. Ele diz a Aang que Katara só quer o pergaminho para si e ela nega isso irritada. Depois de algumas tentativas, Katara não consegue fazer o chicote direito. Aang tenta e faz o movimento perfeitamente. Quando ele tenta dar conselhos a ela, Katara grita para ele calar boca, e diz que a sabedoria dele as vezes irrita e que ele deveria jogar o pergaminho fora já que é tão naturalmente bom, mas quando vê Aang ela se sente culpada, se desculpa, dizendo que não sabe o que deu nela, e da o pergaminho para ele. Zuko e os piratas estão no rio. O capitão pergunta se eles deveriam parar e procurar na floresta e Zuko diz que não há necessidade, se eles roubaram o pergaminho, eles devem estar próximos a água.

Anoitece e Katara e Momo são os únicos acordados. Ela levanta e pega o pergaminho da bolsa de Sokka e diz para Momo ir dormir. Ela vai até o rio e começa a treinar o chicote de água, mas se frustra por não conseguir e grita com a água e é ouvida por Zuko e o capitão Pirata. Ouvindo um barulho Katara olha para os arbustos e vê o barco pirata, ela recua e esbarra em um pirata que tenta a segurar, mas ela escapa com dobra de água, só pra correr e dar de cara com Zuko que a agarra pelos pulsos e diz que vai a salvar dos piratas. Alguns minutos depois ela esta amarrada a uma arvore cercada por Zuko, Iroh, o Capitão alguns piratas e alguns dos homens de Zuko. Zuko a diz que se ela disser onde esta o Avatar ele não machuca nem ela nem o irmão dela. Katara manda ele “pular no rio”, irritada. Mudando a tática, Zuko a circula ameaçadoramente, dizendo a ela que ele precisa restaurar sua honra pegando o Avatar. Em retorno, Zuko devolveria algo que Katara perdeu e segura o colar da mãe de Katara em seu pescoço. Ela pergunta onde ele conseguiu o colar. Ele diz que não roubou, se é isso que ela estava pensando. Depois de exigir que ela fale onde esta o Avatar mais uma vez (o que Katara recusa) o capitão diz a Zuko que ele o prometeu um pergaminho. Zuko o retalha perguntando quanto vale o pergaminho e ascendo um fogo abaixo do mesmo. Os piratas ficam com medo que Zuko queime o pergaminho e Zuko diz ao capitão que se ele o ajudar a encontrar o que ele quer Zuko vai devolver o pergaminho, ele então manda os piratas procurarem pelo Avatar nas florestas e depois vir procura-los.

Sokka e Aang acordam e descobrem que Katara não esta lá. eles mal tem tempo de especular sobre onde ela esta por serem atacados por piratas e Aang Sokka são capturados com redes. Logo todos estão reunidos e Zuko da os parabéns aos piratas pelo seu bom trabalho. Katara se desculpa com Aang, dizendo que é tudo culpa dela. Aang diz que não é, mas Iroh diz “É, isso é sua culpa sim.” Sokka pergunta aos piratas se eles vão mesmo trocar o pergaminho pelo Avatar, que vale muito mais. Os piratas decidem que Sokka esta certo e que eles vão ficar com Aang, o que não vai bem com Zuko. Começa a luta.

Os piratas jogam uma bomba de fumaça e ninguém consegue mais ver nada. Usando essa vantagem eles lutam contra os dobradores de Fogo e protegem Aang e Sokka. Enquanto isso Momo liberta Katara mordendo as cordas que a prendiam. Aang se libera. Zuko e o Capitão logo começam a lutar e Sokka, Aang e Katara escapam no barco pirata usando os poderes de dobra de água e Aang e Katara. Iroh interrompe Zuko e o Capitão perguntando se perceberam que o próprio barco já zarpou. Zuko furiosamente diz que não tem tempo para provérbios e ele e o capitão vêem o barco pirata a certa distancia. Zuko começa a rir, mas para assim que vê que os piratas roubaram seu mini-barco. Iroh pondera que aquele deveria ser um provérbio, antes de começar a seguir seu sobrinho.

Os piratas alcançam a Gaang e outra luta começa onde Katara consegue usar o chicote de água, com sucesso pela primeira vez. Momo encara o pássaro-réptil de estimação do Capitão e Aang luta com alguns piratas. De qualquer forma, eles tem problemas maiores, como a cachoeira que tem um pouco mais a frente e da qual eles vão provavelmente cair. Aang usa o apito de bizão para chamar Appa, mas aparentemente não funciona e então ele e Katara tentam diminuir a velocidade do barco com dobra de água, mas o barco começa a quebrar pela metade e eles não tem saída se não pular na cachoeira, mas Appa aparece no momento certo e os pega no ar. Aang diz que sabia que o apito seria útil. Zuko, já irritado pelo roubo de seu barco, escuta Iroh dizer feliz, que a peça de lótus estava em sua manga o tempo todo e Zuko arranca a peça da mão de Iroh e a atira em direção a água, e ela acaba atingindo um pirata na cabeça. Katara se desculpa com Aang por ter sido tão competitiva e que ela não precisava do pergaminho de qualquer forma. Sokka decide então mostrar que pegou o pergaminho, mas só entregara a Katara se ela falar o que aprendeu, e ela diz: “Roubar é errado”, e Sokka entrega o pergaminho, e então Katara completa; “A não ser que seja de piratas”.

Mais da comunidade Wikia

Wiki aleatória