FANDOM


Emblema do Reino da Terra


Oyaji era o líder de uma vila na Ilha Kyoshi. Orgulhoso de que a Ilha Kyoshi tinha ficado fora da Guerra dos Cem Anos e cautelosos com estranhos que pudessem ameaçar a paz da ilha, ele ficou inicialmente desconfiado de Aang e seus amigos quando eles chegaram pela primeira vez na ilha, acreditando que eles fossem espiões da Nação do Fogo. No entanto, mais tarde Oyaji mudou sua opinião sobre eles e quando a Equipe Avatar ajudou a manter seu povo em segurança quando a Nação do Fogo atacou.

HistóriaEditar

Oyaji foi nomeado para a posição de líder de aldeia em torno de 79 DG, vinte anos antes da chegada da Equipe Avatar.

Quando Avatar Aang, Katara e Sokka vieram à Ilha Kyoshi, Oyaji, Suki e as outras Guerreiras Kyoshi inicialmente suspeitaram de Aang. Eles só acreditaram que ele era o Avatar, após o garoto exibir as habilidades de Dobra de Ar. Depois que o príncipe Zuko e suas forças desembarcaram na ilha, Oyaji correu para Sokka e as Guerreiras Kyoshi para avisá-los de sua aproximação. Mais tarde, em silêncio, agradeceu a Aang depois que este último usou o Unagi para extinguir os incêndios resultantes da luta entre Aang e as Guerreiras Kyoshi e a Nação do Fogo.

Alguns meses mais tarde, ele ajudou Katara e Sokka em sua busca para limpar o nome de Aang depois que ele foi preso na Vila de Chin. Ele explicou a lenda que rodeia as armas e roupas de Avatar Kyoshi enquanto tenta severamente impedir que os irmãos as toquem e explique o significado de O Nascimento de Kyoshi. Ele também informou Sokka sobre a partida de Suki da Ilha Kyoshi e a influência que a Equipe Avatar teve sobre ela.

ApariçõesEditar

Avatar: A Lenda de AangEditar

Livro Um: Água (水)Editar

Livro Dois: Terra (土)Editar

TríviaEditar

  • Oyaji (親父, おやじ) é uma palavra japonesa informal para "homem de idade", que é usado para referir-se afetivamente a um pai, um chefe de longa data ou um parente mais velho; isto reflete a posição de Oyaji em sua vila.